< Voltar

Pullup no Web Summit 2019

O co-fundador da Pullup Software House, João Porto, esteve presente no Web Summit 2019, em Lisboa, na semana passada. Além de representar a TrackerUp, seu maior empreendimento atual, João nos contou um pouco do que foi participar do evento que a Forbes chamou da maior conferência de internet do Planeta.
Confira o bate bola abaixo:

P Qual foi o ponto alto do Web Summit para você?
J Sem dúvida, a entrevista com Edward Snowden.
Clique aqui para ver a entrevista (em inglês). 

P Qual fala mais te marcou durante o evento?
J Durante o evento, tivemos o CTO dos EUA, China e Margrethe Vestager, todos discutindo sobre os dados/informações de usuários e o poder destas informações. Teve direito a alfinetas pesadas entre os 3, onde o próprio Trump disse que Margarethe é o inimigo número 1 dos EUA, China acusando EUA de dominar as informações e EUA acusando China da falta de transparência e roubo de tecnologia. Porém, a frase do Snowden coloca tudo em perspectiva: “Ao invés de criar empresas que o usuário pode confiar, crie empresas que o usuário não precise confiar”, ele está falando sobre a obtenção de dados.
Leia mais sobre este painel aqui.

P O que você pode nos contar sobre as tendências para programação e desenvolvimento em 2020?
J Com a computação quântica e as leis sobre dados, a regra é: encripta tudo que puder da melhor forma possível!

P Como você vê o nível da tecnologia de dev no Brasil, em comparação ao que foi mostrado no Web Summit?
J Ficou muito claro que temos empresas muito capazes, mas quando falamos em AI, estamos bem atrás!
Foi fácil identificar que, em todos os países, há a dificuldade de se ter bons devs e que entregam o job conforme o combinado. Acredito que a PullUp está posicionada num mercado que não tem barreiras geográficas para a pontualidade e qualidade técnica na entrega!

Conheça mais sobre os serviços da Pullup e entre em contato aqui.